Virtualização com VirtualBox

Virtualização é com o VirtualBox. O aplicativo é gratuito, de código aberto e funciona com os principais sistemas operacionais, permitindo que o usuário rode mais de uma plataforma em uma mesma máquina. E não é voltado somente para uso pessoal: é gratuito também para empresas. Então não perca tempo e baixe grátis o VirtualBox!

Versão nova do VirtualBox

VirtualBox Com visual novo, o Virtualbox 4.1.16 acrescentou opção para pré-visualização de máquinas e suporte a USB 2.0, que oferece rapidez na transmissão de arquivos.

Agora, o programa exibe informações detalhadas como configurações da máquina virtual, incluída para rodar no programa. Além disso, você também vai contar com visualização do sistema em miniatura, ao lado direito da janela. Dados sobre as máquinas incluem informações sobre a memória usada, hardware, display e áudio.

Opções extras

No arquivo Extension Packs, o VirtualBox oferece a opção Remote Desktop Protocol (VDRP), que permite o controle da máquina virtual ao acessar outro computador. Falando em acesso remoto, agora os usuários poderão até inicializar um PC mesmo estando conectado em computador diferente.

Funciona com processadores Intel e AMD

VirtualBox A garantia de qualidade fica por conta da “Sun Microsystems”, gigante do mundo da tecnologia que assumiu o projeto. A empresa oferece uma ferramenta de virtualização poderosa que funciona com Intel x64 e AMD x64.

Ubuntu

VirtualBoxCom ela você vai poder instalar o Ubuntu dentro do Windows, bastando apenas ter o programa instalado e baixar a imagem do Ubuntu.

Nesse exemplo, teclado, mouse e demais componentes da máquina funcionarão perfeitamente no segundo sistema operacional.

Como configurar o Virtual Box

VirtualBox Ao abrir o programa, escolha qual máquina virtual quer usar.Após selecionar uma delas, escolha a quantidade de memória que pretende usar do seu PC para rodar o sistema virtual.

Atenção: Para Windows, tenha cuidado para não escolher memória baixa demais. O sistema precisa de, no mínimo, 512 MB para gerenciar o PC sem problemas.

Ter essa atenção para quantidade de memória é fundamental, pois você estará dando ao PC apenas aquela quantidade de memória para rodar tudo o que você terá no seu computador: navegador, programas, aplicativos, jogos, imagens, vídeos e etc.

Você ainda vai poder definir quais serão as características da máquina virtual, como velocidade de processamento ou máximo de memória RAM disponibilizada para o SO e os aplicativos. Ainda vai ter a opção de transferir ou copiar arquivos entre os dois sistemas.

Como usar o Virtual Box

1 – Uma vez que o programa tenha sido iniciado, clique em “Novo”;

2 – Clique em “Próximo”;

3 – Informe o nome do sistema operacional (“Ubuntu” ou “Chrome OS”) e demais características do sistema que quer virtualizar;

4 – Determine qual será a disponibilidade de memória RAM para o segundo SO;

5 – Escolha “Utilizar disco existente”, clique no ícone em formato de pasta, vá em “Acrescentar” e selecione a imagem que você quer usar como base para a instalação do sistema operacional virtualizado;

6 – Siga o assistente de instalação até clicar em “Finalizar”. Uma janela será aberta com a instalação do sistema.

Sistemas suportados

Alguns dos sistemas operacionais que podem ser virtualizados são:

  • Windows 2000;
  • Windows XP;
  • Windows Vista;
  • Windows 7;
  • MS-DOS;
  • Linux;
  • Solaris;
  • OpenSolaris;
  • OpenDBS.

 

Fonte: www.techtudo.com.br

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.